Varonis – Governança de dados

Varonis – Governança de dados

Melhores práticas e definições de governança de dados

O QUE É GOVERNANÇA DE DADOS?

Varonis - Governança de dadosGovernança de dados é o processo e procedimento que as organizações usam para gerenciar, utilizar e proteger seus dados. Nesse contexto, os dados podem significar todos ou um subconjunto dos ativos digitais e / ou impressos de uma empresa. Na verdade, definir o que os dados significam para uma organização é uma das melhores práticas de governança de dados. Depois de definir os dados, você pode fazer um brainstorming de todas as maneiras de usar seus dados para desenvolver seus negócios.

Pense na governança de dados como quem, o quê, quando, onde e por quê sobre os dados da sua organização.

Outro aspecto da governança de dados é proteger os dados privados da empresa e do cliente, o que deve ser uma tarefa de alta prioridade para as organizações nos dias de hoje. Afinal, as violações de dados são ocorrências quase diárias e os governos estão promulgando leis – LGPD, HIPAA, GDPR, CCPA e muito mais – para proteger os dados privados dos cidadãos. Um programa de governança de dados cria controles para proteger os dados bem como  ajudar as organizações a cumprir os regulamentos de conformidade.

 

Por que é importante para as empresas?

  • Visa a proteção contra ataques cibernéticos e violações de segurança
  • Reduz os custos de gerenciamento de dados
  • Aumenta o ROI de sua análise de dados
  • Alivia a carga de gerenciamento de dados da equipe de TI
  • Permite uma melhor tomada de decisão e comunicação
  • Torna os padrões de conformidade mais fáceis de manter

 

Como funcionam as Estruturas de Governança de Dados?

Princípios da Estrutura

Em primeiro lugar, concentre-se nessas sete áreas para criar suas metas e operações

  1. Gestão de Dados
  2. Responsabilidade e direitos de decisão
  3. Confiança e Modelo de confiança
  4. Colaboração e Cultura
  5. Transparência e Ética
  6. Risco e Segurança
  7. Valor e resultados

 

Melhores Práticas

Como você deve implementar a governança de dados diante desses desafios? Nesse sentido listamos aqui algumas práticas recomendadas que o ajudarão em sua jornada de governança de dados.

8 práticas recomendadas de Governança de Dados

  1. Defina padrões de formato para seus dados e use tecnologia para aplicar esses padrões durante o pós-processamento e a ingestão de dados em sua plataforma de big data. Você vai extrair dados de muitas fontes distintas, então deve normalizar seus dados em seu sistema de big data.
  2. Dados não gerenciados ainda são dados! Os dados que residem em seus arquivos, pastas e compartilhamentos são alguns dos seus dados mais valiosos – e geralmente correm mais riscos do que os dados gerenciados. Antes de mais nada, certifique-se de que sua estratégia de governança de dados cobre dados não estruturados.
  3. Mapeie suas metas de negócios para governança de dados com antecedência e atribua um Chief Data Officer (CDO). Torne o CDO responsável por gerenciar, assim como alcançar as metas de governança de dados. Pense no panorama geral, mas crie pontos de contato gerenciáveis ao longo do caminho.
  4. Mantenha simples! A governança de dados não é o trabalho principal da maioria da organização. Dessa forma. minimize o impacto para colaboradores e equipes individuais.
  5. Estabeleça funções diferentes para membros de sua equipe de governança de dados. Os proprietários dos dados são essenciais, pois estão mais próximos dos dados que criam e gerenciam. Você pode atribuir gerentes de dados para trabalhar com proprietários de dados para orientação e para facilitar a comunicação. Ou seja, sua equipe de governança de dados deve ser multifuncional e capacitada para impulsionar suas iniciativas de governança de dados.
  6. Classifique e marque todos os seus dados . Estabeleça padrões para metadados que promovam seus objetivos de negócios, dessa forma permitindo a reutilização de dados.
  7. Avalie seu progresso de várias maneiras diferentes. Algumas métricas principais para governança de dados podem ser quantos dados desatualizados você está salvando, quantas pastas têm proprietários de dados atribuídos assim como quantos dados confidenciais você está criando. Em conclusão, quanto mais métricas você conseguir, melhor.
  8. Automatize o máximo possível. Automatize processos de aprovação, solicitações de dados, pedidos de permissões , e qualquer outra coisa que você possa fazer para automatizar, ou seja, estas são iniciativas para melhorar a governança de dados.

 

O que a estrutura de governança de dados se destina a alcançar?

A governança de dados é mais do que segurança de dados. A segurança dos dados é importante, mas um programa de governança de dados também pode permitir a tomada de decisão multifuncional e a análise de negócios.

A Varonis ajuda as empresas a gerenciar projetos de governança de dados: desde a classificação de dados confidenciais até o mapeamento do acesso aos dados e alertas sobre atividades suspeitas. Dessa forma você pode automatizar as permissões, limpar, reduzir o risco e proteger e gerenciar seus dados de maneira proativa.

Veja como simplificar e agilizar suas iniciativas de governança de dados com uma avaliação de risco gratuita – como resultado, estas informações lhe ajudarão a construir um plano de governança de dados que funcione para sua organização.

Conheça a plataforma unificada de segurança de dados para ambientes de nuvem e híbridos

Saiba como a Varonis pode lhe ajudar com a LGPD